Dicas

Conforme a regulamentação técnica de etiquetagem de produtos têxteis, as instruções das etiquetas de confecções devem constar os ícones que determinam a forma que se deve proceder para a melhor manutenção e vida útil do produto conforme segue abaixo.

 

 

 

separador

 

 

Como escolher a entretela correta?

Existem 3 fatores que devemos levar em conta antes de escolher a entretela. São eles:

 

1) O tecido: Primeiramente devemos pensar no tecido que será entretelado, pois as diferenças existentes em cada tipo de tecido, tais como, composição, índice de encolhimento, acabamento, reação ao calor, etc., podem fazer com que a entretela a ser escolhida tenha características semelhantes ao tecido.

 

2) A parte que será entretelada: O importante é pensar isoladamente em cada parte que será entretelada, para fazer a melhor escolha, já que cada parte de uma roupa possui uma função diferente e um acabamento específico.

 

3) O resultado final: Já que a entretela pode mudar muito a aparência de um tecido, é necessário ter em metne qual o caimento que buscamos na peça confeccionada. Por exemplo, para uma peça mais pesada e estruturada devemos utilizar uma entretela mais firme, já para uma peça mais leve com um caimento mais suave, devemos utilizar uma entretela mais leve.

 

 

separador

 

 

Como aplicar a entretela corretamente?

 

Entretelas sem cola: Nesse caso a entretela é fixada no tecido através de costuras, para isso, o ideal é alinhavar ambas as partes e posteriormente efetuar a costura definitiva. Com isso evita-se que o tecido ou a entretela se desencontrem, causando um aspecto amassado no produto final.

 

Entretelas com cola: Tratando-se de entretelas termocolantes, deve-se seguir as condições de fusionamento indicadas pelo fabricante. São elas:

 

Tempo: Esse tempo pode variar de acordo com o adesivo e corresponde ao período que o tecido e a entretela ficarão na zona de fusão.

Temperatura: Para cada tipo de adesivo existe uma temperatura específica.

Pressão: Todo processo de entretelagem termocolante necessita de uma pressão para a aplicação da entretela no tecido.

 

O processo de termocolagem pode ser efetuado através de esteira, prensa elétrica, ferro industrial ou ferro caseiro (nesse caso, é importante ressaltar que nunca deve-se passar a entretela, mas sim aplicá-la por partes, empregando pressão em cada um dos pontos que serão entretelados.

 

É de extrema importância que estes três itens (Tempo, Temperatura e Pressão), caminhem juntos para se objeter o resultado final esperado na peça confeccionada.